Exposição histórica marca Dia Internacional do Cooperativismo de Crédito

“As cooperativas de crédito não são instituições financeiras convencionais, mas empresas que, além de oferecer produtos e serviços do mercado, trazem aos seus cooperados uma proposta diferente: a de serem não somente clientes, mas donos do seu próprio banco. E o mundo realmente tem ansiado por um novo modelo, diferente daquele que nos apresenta o chamado ‘capitalismo selvagem’. Tanto é assim que hoje são mais de 200 milhões de associados.”

Com essa fala, o presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, juntamente com o Diretor de Organização do Sistema Financeiro e Controle de Operações do Crédito Rural do Banco Central do Brasil, Sidnei Corrêa Marques, abriu a exposição “Serviço local. Bem global”, tema da celebração do Dia Internacional do Cooperativismo de Crédito, celebrado em todo o mundo sempre na terceira quinta-feira do mês de outubro. A abertura também contou com representantes do Sistema Nacional de Crédito Cooperativo. A exposição permanecerá em cartaz no Museu de Valores do Banco Central até o dia 5 de janeiro do ano que vem.           

EVOLUÇÃO – “O cooperativismo de crédito tanto no Brasil quanto no mundo tem trilhado por um caminho sustentável, sólido e muito promissor. Aqui, as cooperativas de crédito mostram ao país, todos os dias, sua força, competência e segurança. Essas empresas cooperativas, apesar de tudo isso, continuam em evolução, desenvolvimento tecnologias, gerando emprego e melhorando o nosso país”.

Sidnei Corrêa Marques
Diretor de Organização do Sistema Financeiro e Controle de Operações do Crédito Rural do Banco Central do Brasil

 




© MAGICREDI | Website by A.Companhia